terça-feira, 19 de setembro de 2017

O Vale Sonhar propõe lidar com um desafio no trabalho de educação sexual: motivar o jovem a prevenir a gravidez na adolescência. Este é o ponto chave do nosso trabalho - a motivação. Se por um lado o sexo na adolescência é natural, a prevenção é aprendida. E, para colocar em prática o que foi aprendido, motivação é fundamental.
Diversos estudos que analisaram o comportamento sexual na adolescência mostraram que somente a informação, pura e simples, não é suficiente para o sucesso da prevenção da gravidez. A mais recente pesquisa, realizada pelo Programa de Saúde do Adolescente da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, constatou que o conhecimento dos métodos contraceptivos por parte das meninas não garante seu uso. Procurando uma nova abordagem para prevenir a gravidez na adolescência , a equipe do Instituto Kaplan deparou-se com a frase do Senador Teotônio Vilela " O sonho é próprio de todos nós. Não há nenhuma realidade sem que, antes, se tenha sonhado com ela".
Imediatamente, tornou-se a inspiração na criação da metodologia do Projeto Vale Sonhar. Simples e clara, ela nos mostrou uma possibilidade de desenvolver a motivação  do jovem por meio da percepção do impacto da gravidez na realização de seu sonho maior - o projeto de vida.
ESTRATÉGIA DE EDUCAÇÃO PREVENTIVA
- Sonhar, identificar que a adolescência não é o melhor momento para se ter um filho.
- Conhecer o processo da reprodução, associado às práticas sexuais de risco
- Desenvolver a habilidade para usar os métodos contraceptivos foram as estratégias de educação preventiva, por meio de oficinas, adotada pelo Instituto Kaplan no projeto Vale Sonhar.

Realização das Oficinas com os alunos

Cada aluno participa do bloco de três oficinas
- Oficina 1: Identificação do Sonho
- Oficina 2: Nem toda relação sexual engravida
- Oficina 3: Engravidar é uma escolha
Este projeto visa contribuir com a diminuição do número de gravidez na adolescência, nas escolas públicas de Ensino Médio por meio do desenvolvimento da responsabilidade pessoal dos alunos, a partir da percepção do impacto da gravidez no projeto vida. Ele é realizado por meio da metodologia de multiplicador, onde o Instituto Kaplan treina profissionais da Secretaria Estadual de Educação, responsáveis por preparar professores para as atividades escolares, para que estes façam de seus professores, agentes de prevenção à gravidez na adolescência. Estes últimos serão os responsáveis pela realização das três oficinas de prevenção, junto aos alunos, utilizando o Jogo Vale Sonhar. Esta experiência foi testada por meio de um projeto piloto com as escolas estaduais de ensino médio da região do Vale do Ribeira, que em 02 anos, após, a implantação do Projeto Vale Sonhar obteve o resultado de 91% de  diminuição no número de gravidez nas escolas participantes.
Para aplicação do projeto e obtenção de resultados foi criado instrumentos, eles são:
- Registro das Oficinasfile:///F:/VALE%20SONHAR/INSTRUMENTOS/REGISTRO%20DE%20OFICINAS%20-%20ESCOLA.pdf 
- Resultados da enquete -file:///F:/VALE%20SONHAR/INSTRUMENTOS/Resultado%20da%20Enquete%20da%20Escola.pdf 
- Registro de frequênciafile:///F:/VALE%20SONHAR/FREQUÊNCIA%20dos%20alunos%20nas%20oficinas.pdf 
- Enquetefile:///F:/VALE%20SONHAR/INSTRUMENTOS/ENQUETES%20DE%20GRAVIDEZ%201%20(1).pdf 
 - Registro das Oficinas por turmafile:///F:/VALE%20SONHAR/INSTRUMENTOS/REGISTRO%20de%20todas%20oficinas.pdf 

Além dos documentos:
- Documento de orientações do preenchimento dos instrumentos file:///F:/VALE%20SONHAR/INSTRUMENTOS/Segue%20orientação%20sobre%20o%20correto%20preenchimento%20dos%20instrumentos%20utilizados%20para%20o%20monitoramento%20do%20projeto%20Vale%20Sonhar.pdf 
- Resumo das Oficinas file:///F:/VALE%20SONHAR/-Sintese_Como_Fazer_as_Oficinas.htm 

Estes instrumentos devem ser preenchidos pelo professor da disciplina , orientado pelo professor coordenador da unidade escolar, após seu preenchimento enviados para o email pcop.arte.sandre@gmail, até o dia 10/10/2017 com a finalidade de levantar os dados e tabular as informações.

Para outras informações basta acessar o site http://www.kaplan.org.br/institucional/sec/vale-sonhar  

segunda-feira, 18 de setembro de 2017



Concurso Desafios Sustentáveis – Biomas do Estado de São Paulo – Desenvolvimento de Aplicativos Móveis

Srs. Gestores está aberto as inscrições para o Concurso Desafios Sustentáveis – Biomas do Estado de São Paulo – Desenvolvimento de Aplicativos Móveis destinado aos alunos dos 8º, 9º e Ensino Médio. A proposta do concurso é de desenvolver aplicativos para dispositivos móveis com a temática, sensibilizando e mobilizando alunos, professores, gestores e comunidade escolar acerca da realidade socioambiental. A partir dos temas geradores: biodiversidade, água, energia, consumo e resíduos, as equipes de aluno (a) s e os respectivos professores (as) orientadores (as) são convidados a elaborarem aplicativos que dialoguem com o tema proposto, e que tenham relevância em suas comunidades escolares. Espera-se com essa iniciativa que os participantes se envolvam com os conteúdos abordados no currículo escolar, de forma interativa, dinâmica, atrativa e lúdica.
O projeto deverá ser realizado em grupo de até CINCO (05) aluno(a)s do Ensino Fundamental - Anos Finais (8º e 9º anos) e Ensino Médio Regular e/ou da Educação de Jovens e Adultos, matriculados e frequentes na rede pública de ensino do Estado de São Paulo, e UM(A) (01) Professor(a) Orientador(a) com aulas atribuídas na rede pública.
A Unidade Escolar participante deverá encaminhar para a Diretoria de Ensino, até 02/10/2017, somente 02 (dois) aplicativos com os respectivos documentos:
1.            Fichas de inscrição (Anexo I)
2.            Autorização do Responsável (Anexo II)
3.            Autorização para uso de imagem e cessão de direitos (Anexo III)
4.            Declaração de Liberação de Direitos Autorais do Aplicativo (Anexo IV)
5.            Modelo Básico de Projeto (Anexo V)
6.            Documentação do desenvolvimento do aplicativo (Anexo VI).
7.            Relatório da Escola (Anexo VII)
Todos os documentos encontram-se no Regulamento do Concurso.
O concurso terá duas fases, a 1ª fase Diretoria consistem em: elaboração dos aplicativos, inscrição e seleção pela Diretoria de Ensino. A 2ª fase Estadual: a Secretaria da Educação selecionará 10 finalistas para uma votação on line e será divulgado o vencedor no dia 24/11/2017.
Esses documentos deverão ser enviados via Protocolo aos cuidados do Núcleo Pedagógico.
Todas as informações sobre o concurso estão em seu Regulamento (anexo). Demais esclarecimentos também constam na videoconferência realizada no dia 24/08/2017, basta acessar a Videoteca da Rede do Saber.

Dúvidas nos contate através do e-mail destanpe@educacao.sp.gov.br

quinta-feira, 8 de junho de 2017

O Núcleo Pedagógico marca presença na "V Feira de Troca de Livros", da EE Profª Inah de Mello

Luciana Vicentini e Adriana Fragal com aluno em sala
temática (clique para ampliar)
O Núcleo Pedagógico (NP) esteve presente na "V Feira de Troca de Livros", da EE Profª Inah de Mello. O diretor do NP, Leandro Braga, juntamente com a PCNP Adriana Fragal e a Analista Sociocultural, Luciana Vicentini, visitaram a feira, prestigiando o trabalho da escola e participando de oficinas. O PCNP de Tecnologia, Marcelo Massari, trabalhou com os alunos uma oficina de desenvolvimento de narrativas para jogos digitais. A feira deste ano estava recheada de novidades, com a presença de pessoas ilustres, como o escrito Frei Beto, além de outros escritores e artistas. Os alunos também deram grande contribuição, com a elaboração de salas temáticas, e trabalhando nas bancas de troca de livros. De acordo com nossa avaliação, o evento foi de grande sucesso, principalmente no que tange à promoção do sentimento de pertencimento dos alunos em relação à escola. As oficinas também auxiliaram os alunos nas habilidades de leitura e escrita. Estamos já aguardando a edição do próximo ano!

Veja mais fotos do evento (clique para ampliar):

sábado, 3 de junho de 2017

Curso "Robótica Pedagógica, Sustentável e Reciclável" chega ao fim com grande êxito.

Mayara e Herick, professores da EE Prefº Engº Celso Daniel
com o professor da UFABC, Mario Minami
O curso "Robótica Pedagógica, Sustentável e Reciclável", em parceria com a UFABC, chegou a seu fim. Da mesma forma que em 2016, a adesão dos professores ao curso foi de quase cem por cento, com apenas uma desistência. Na última aula, os professores participantes apresentaram projeto de conclusão de curso. Os trabalhos foram avaliados por professores da universidade, e também por professores do Núcleo Pedagógico. O objetivo da avaliação é de que os professores tenham um retorno sobre seus trabalhos, a partir de critérios pré-estabelecidos. Os critérios eram, além da demonstração técnica de robótica, o de apresentar habilidades de história, arte, matemática e língua portuguesa, de forma multidisciplinar. Em continuidade do curso, os professores agora desenvolverão trabalhos com equipes de alunos, em suas escolas, para que sejam apresentados na feira "UFABC para Todos", em setembro deste ano. Queremos agradecer aos professores que aceitaram esse desafio, e também às equipes gestoras das escolas participantes, pelo apoio dado aos professores e alunos.

Veja mais fotos da apresentação final dos trabalhos (clique para ampliar):


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Escolas participantes do projeto de robótica recebem orientações sobre a ABP

Clique para ampliar
Os gestores escolares das escolas participantes do curso de "Robótica Pedagógica, Sustentável e Reciclável" receberam orientações sobre o trabalho com a Aprendizagem Baseada em Projetos - ABP. O objetivo da reunião foi esclarecer dúvidas em relação a esse tipo de metodologia, e de como trabalhar o conteúdo, competências e habilidades previstos para o período do projeto. Além disso, os gestores puderam refletir, por meio de atividade em grupo, sobre o trabalho com as habilidades socioemocionais, bastante pertinentes para serem trabalhadas na ABP, e também sobre o trabalho multidisciplinar. 

O curso  "Robótica Pedagógica, Sustentável e Reciclável", em parceria com a UFABC, terminará no mês de junho. Mas o projeto de robótica irá até setembro, quando ocorrerá a feira "UFABC para todos". Nesta ocasião, os alunos das escolas exporão seus trabalhos, orientados pelos professores participantes do curso.

Veja apresentação (PPT) utilizada na orientação neste link (visto melhor no Office 2016).

terça-feira, 21 de março de 2017

EE Profª Nadir Lessa participa do projeto "Escolas Plugadas" da Fundação Lemann

Da esquerda para a direita, a Coordenadora da escola, Sueli, a
coordenadora do projeto, Gigia, a professora de Língua Portu -
guesa, Cíntia, a diretora da escola, Simone, e a PCNP de Lín-
gua Portuguesa, Rosangela.

O projeto "Escolas Plugadas" está em sua terceira edição. A Fundação Lemann, por meio de seus parceiros, oferece ferramentas digitais de ponta para auxiliar no processo de aprendizagem dos alunos. Neste ano, a EE Profª Nadir Lessa Tognini abraçou o projeto, e já está colhendo frutos da parceria com a empresa proprietária do software Guten (www.gutennews.com.br). No dia 21, os PCNP Rosangela, de Língua Portuguesa, e Marcelo, de Tecnologia Educacional, estiveram na escola durante a visita de uma das coordenadoras do projeto, a Sra. Gigia. Pudemos verificar a excelente aderência de professores e alunos ao projeto. O Guten auxilia os alunos na leitura de textos dos mais diversos gêneros, com graus de complexidade variados. As atividades são padronizadas, iniciando com duas etapas de pré-leitura, em que os alunos são convidados a pesquisarem sobre o tema do texto central. Em alguns casos, a etapa de pré-leitura incentiva os alunos a produzirem um texto sobre o tema, que pode ser inclusive do gênero argumentativo; tudo como resultado de uma pesquisa prévia orientada na atividade. A estratégia da escola no uso do laboratório de informática foi o de contar com o apoio da professora da Sala de Leitura que ficou com parte da sala trabalhando a leitura de textos, enquanto a outra parte realizava as atividades do projeto. A avaliação de ambos os PCNP é que a escola está no caminho certo, com uma gestão inovadora, com professores engajados e com alunos bem orientados. Parabéns a todos!

sexta-feira, 17 de março de 2017

O.T. para a Escola da Família da D.E. de Santo André: Webfólios Pedagógicos

As atividades do programa Escola da Família incluem oficinas, cursos e projetos que requerem a elaboração sistematizada de registros, tanto da parte dos gestores do programa, bem como da parte de professores, estagiários e, sem dúvida, da comunidade participante. Oferecer estratégias de elaboração de portfólios digitais foi o que motivou a PCNP da Escola da Família, Solange Bailão, em propor uma formação dos gestores para multiplicarem técnicas de elaboração desse tipo de portfólio - os chamados "webfólios". Reunimos, então, no dia 17/03/2017, os vice-diretores da Escola da Família para um orientação sobre a criação de webfólios. Os objetivos da orientação eram os de capacitar e fomentar a utilização de Portfólios Digitais (Webfólios), como meio de promover a autoavaliação dos alunos, estagiários, professores e vice-diretores, bem como promover a metacognição nos processos de ensino e aprendizagem dos projetos desse programa. Como resultado da ação, os participantes compreenderam a importância da elaboração de portfólios de aprendizagem, funcionando como um importante meio de avaliação e autoavaliação. Entenderam como é feita a transposição de portfólios criados em meios físicos para o virtual. Os vice-diretores vão levar as informações para os estagiários da Escola da Família. O PCNP de tecnologia, Marcelo Massari, auxiliará os trabalhos, por meio de plantão de dúvidas.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

CGEB disponibiliza orientações para o Planejamento e Acolhimento de alunos e professores em 2017

Confira as orientações da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica – CGEB, e inicie esse importante trabalho que dará origem aos Planos de Ação das Escolas.
Para visualizar  a página original deste material, vá para o link 


Planejamento 
O término do ano letivo é o momento propício para analisar as ações realizadas e projetar novas ações para o próximo ano. Veja as orientações da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica – CGEB, e inicie esse importante trabalho que dará origem aos Planos de Ação da Diretoria de Ensino e das Escolas.

Acolhimento
No âmbito escolar, o Acolhimento é uma ação pedagógica, que favorece a integração de estudantes por meio do grêmio estudantil, de professores, gestores, pais e funcionários. As ações de acolhimento podem ser realizadas no início do ano letivo ou sempre que houver ingresso de novos estudantes e professores, e vem sendo recomendado para todas as escolas da rede estadual pela Coordenadoria de Gestão da Educação Básica, da Secretaria do Estado da Educação de São Paulo – SEE, desde 2012, como forma de recepção.

DOWNLOADS DOS MATERIAIS:

PLANEJAMENTO:

ACOLHIMENTO
  • VídeosOs vídeos que compõem este item apresentam sugestões para realização da ação pedagógica do Acolhimento.
Professores» assista
















segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Semana de Boas Práticas proporciona momentos únicos de valorização do professor e troca de experiências

Professora Fernanda Depizzol demonstra seu trabalho de
elaboração de jogos de Física em PowerPoint
(Clique para ampliar)
A "I Semana de Boas Práticas da DER de Santo André" aconteceu na semana de 12 a 16 de dezembro. O evento foi realizado na Diretoria de Ensino e teve como objetivos principais a disseminação de práticas inovadoras e a valorização do trabalho do professor. A semana foi bastante movimentada, contando com a apresentação de dezenove trabalhos que contemplaram as áreas de Ciências Exatas, Matemática, Tecnologia Educacional, Linguagens e Ciências Humanas, em todos os segmentos (vide quadro abaixo). As apresentações se deram por meio de exposições orais, oficinas, exibições de filmes, fotografias e trabalhos manuais dos alunos, com duração mínima de uma hora cada apresentação. Os focos principais foram os de revelar a metodologia utilizada no trabalho do professor, estabelecer seu referencial teórico, demonstrar os resultados obtidos e provocar um questionamento entre os presentes a respeito da validade do método, estabelecendo conexões com as vivências de cada um. Esse momento de interação entre os presentes promoveu uma importante troca de experiências, o que enriqueceu ainda mais as exposições. Estamos certos de que faremos a segunda edição do evento em 2017, dado o entusiasmo dos participantes e o grau de satisfação ao final de cada dia de apresentações. 

Veja abaixo o quadro das exposições, com o nome do professor e o título da boa prática:

Data
Professor Expositor
Nome da Boa Prática
CIÊNCIAS EXATAS
12/12/2016
Claudio Menezes
Física Moderna e o CERN - Como apresentar aos alunos o maior Laboratório de Física do Mundo e suas práticas.
12/12/2016
Cíntia Mascarenhas Ferreira Marques
Química em sala de aula: compartilhando saberes (Ampliando o conhecimento dos alunos sobre o início dos estudos de radioatividade)
12/12/2016
Felipe Domingues Miranda
Oficina de Construção de Softwares Educacionais para Android
MATEMÁTICA
13/12/2016
Rosimar Joris de Paulo e Sandra Cristina da Matta Papst
Lendo por outro ângulo - Matemática aplicada no cotidiano
13/12/2016
Adriana Galante Faga
Mercado "Nadir Lextra" - Introduzindo regras de sinais
13/12/2016
Serguei Othon Ucci
Sempre+ (Ensino Híbrido com o Khan Academy)
TECNOLOGIA
14/12/2016
Professores Paulo Sergio Moreira (EE Dr. Celso Gama), Felipe Domingues (Ee Profª Carlina Caçapava de Mello e Everton Tozeti de Godoi (EE Dr Manoel Grandini Casquel)
Exposição de Softwares Educacionais produzidos pelos alunos para a "II Mostra de Tecnologia Educacional da DER de Santo André" - Desafio "App Inventor"
14/12/2016
Everton Tozeti de Godoi
Projeto de entralaçamento de áreas por meio de jogos digitais feitos em Scratch
LINGUAGENS
15/12/2016
Fernanda Depizzol Paes Ferreira
Criação de jogos com o PowerPoint
15/12/2016
Eliana Farias Gomes
Trabalhando Bullying e entrelaçando com Língua Portuguesa
15/12/2016
Keila Mércia Rodrigues Maldonado
Projeto de leitura com sala de RCI
15/12/2016
Andréa C Alevi Lopes / Flavia Andrade Fernandes
Projeto Profissões (aprendendo a argumentar e refletir tendo como foco a rotina das profissões)
15/12/2016
Rodrigo de Alencar
Estações de Movimento (o tempo e espaço de lazer na escola como tempo e espaço de aprender).
16/12/2016
Alessandra Soto
Desenvolvimento de habilidades na participação em projetos educativos e culturais (Projeto "Era uma vez Brasil".
CIÊNCIAS HUMANAS
16/12/2016
Valeria Penha Ferreira
Brasil, Pé de Cultura (aprendendo sobre o Brasil por meio de sua cultura regional)
16/12/2016
Fernanda Depizzol Paes Ferreira
Criação de jogos com  PowerPoint para todas as áreas do conhecimento
16/12/2016
Luciana Aparecida  Azevedo Conceição
Dia do Historiador (Teatro de fatos históricos)
16/12/2016
Rosa Marcia Feliciano
Divisão do trabalho (Entendendo a lógica capitalista por meio da montagem de uma linha de produção de doces)
16/12/2016
Gustavo Oliveira da Silva
Desenvolvendo uma visão crítica da ciência por meio da Filosofia

Dentro da semana, também aconteceu a "II Mostra de Tecnologia Educacional da DER de Santo André". Neste ano o desafio proposto era o de que os alunos construíssem, com a ajuda de um professor orientador, Softwares Educacionais para o sistema Android, por meio da plataforma do "App Inventor" (http://appinventor.mit.edu). Quatro equipes chegaram ao final, sendo uma equipe do Ensino Médio, e três equipes dos Anos Finais do Ensino Fundamental. O site da Mostra com todos os detalhes pode ser visto em http://destanpe.wixsite.com/mostratec2016.

O quadro das equipes participantes, com os nomes dos Apps e as respectivas colocações, pode ser visto a seguir:
Nome do Aplicativo
Disciplina
Alunos
Professor Orientador
Escola
Colocação na Competição
App "DNAdventure"
Biologia
André Mateus Pereira da Silva
Felipe Domingues
EE Profª Carlina Caçapava de Mello
Equipe Vencedora do Ensino Médio
Gabriel Cardoso Fava
Otávio Augusto Furlan dos Santos
App "A Lenda do Aluno"
Matemática
Nicolas Pietro Terassan
Paulo Sergio Moreira
EE Dr. Celso Gama
Equipe Vencedora dos Anos Finais
Gabriel Ferreira Silva
Mariana Ribeiro  da Silva
App "Era uma vez"
Matemática
Carolina  Yuka
Paulo Sergio Moreira
EE Dr. Celso Gama
2 º lugar - Anos Finais
Ana Jessica Soares da Silva
Emily Rosa do Nascimento 
App "Forgot Password in Middle of War"
História
Kauê Ramos Camargo de Souza
Everton Tozeti de Godoi
EE Dr. Manoel Grandini Casquel
3º lugar - Anos Finais
Lincoln Ranks Rezende de Sousa
Yago Lima Giorgi 


Os jurados presentes avaliaram por meio de critérios preestabelecidos a apresentação das equipes e o teste do aplicativo criado por eles. Os prêmios foram óculos de realidade virtual, um para cada aluno da equipe vencedora e um para o professor orientador, além de medalhas. Os membros das demais as equipes, inclusive o professor, receberam cartões de memória como brindes. Todos receberam certificados de Honra ao Mérito pela brilhante participação no evento.

Os aplicativos produzidos pelos alunos podem ser baixados e instalados clicando aqui.

Para instalar os aplicativos em aparelhos Android, descarregue o aplicativo (.Apk) no aparelho, mas antes habilite o item "Fontes Desconhecidas" nas configurações de "Segurança". Outra forma de executar os aplicativos é instalar o emulador de Android (Memu) no computador. O site para baixar o emulador Memu é o http://www.memuplay.com

Veja mais fotos do evento (Clique para ampliar):